terça-feira, 14 de maio de 2013

Filho de Carl Sagan diz que Hollywood está completamente errada quanto aos ETs


Nick Sagan é o filho de um dos mais conceituados cientistas de nossa época, Carl Sagan. Nick também escreveu três livros aclamados, bem como episódios de Jornada nas Estrelas. Mas isto não o tem impedido de se manifestar contra certos preconceitos que têm sido perpetuados nos filmes de ficção científica.

“Humanos terem qualquer chance contra invasores alienígenas armados com tecnologia superior?“, diz Sagan, “Boa sorte. Se eles forem avançados o suficiente para cruzarem as enormes distâncias do espaço interestelar, eles são avançados o suficiente para nos varrer sem o menor pingo de suor. Por que não atirar alguns asteróides contra nós? Como iremos nos defender disso? O conceito de impetuosos humanos mais fracos triunfarem no final pode fazer sucesso nas bilheterias, mas na realidade isso seria impossível“.

E caso você tenha a esperança de que Sagan apoiaria a probabilidade de derrotarmos os ETs invasores através de alguma qualidade do ambiente da Terra, ele irá lhe contrariar também.

“Fala sério, nós os derrotarmos com um vírus de computador? Nossos micróbios são a criptonita deles? E, de qualquer forma, por que eles iriam nos atacar? Não há escassez de outros planetas que eles queiram, e se eles realmente não gostassem de nós, por que não simplesmente ficarem sentados e assistir nossa auto-destruição? Certamente somos capazes disso“, disse ele.

Mas Sagan sente alguma afeição pelos encontros alienígenas no cinema. Ele realça dois filmes que pensa estarem próximos ao que a experiência com os ETs realmente seria.

“Permita-me não surpreender ninguém por elogiar o filme Contact [escrito pelo seu pai, Carl Sagan], como o melhor exemplo de como isto poderia acontecer. Ouvi muitos astrônomos dizerem que este é o filme mais próximo da realidade como a comunidade científica poderia reagir, e da mesma forma, as cenas onde os membros do governo expressam suas preocupações, para mim são plausíveis. Isto posto, fora um primeiro contato real com alienígenas, ninguém realmente sabe como reagiremos quando isso acontecer. Nós temos idéias, estratégias em potencial, protocolos do SETI. Quando recebermos o sinal, tudo que se pensava pode estar errado. Além do filme Contact, eu acho que há algo convincente a respeito de District 9. Apesar de aberrante em algumas formas, (como muitas alegorias de ficção científica são), a idéia que poderíamos segregar e subjugar o ‘outro’ parece verdadeira à experiência humana, especialmente se aquele ‘outro’ for menos poderoso do que nós. Isso atinge o coração do porquê há tantos alienígenas assustadores na ficção científica – apesar de não sabermos quase nada sobre como as formas reais de vida extraterrestre (se elas existirem) reagiriam. Nós sabemos o quão miseravelmente podemos tratar as formas de vida aqui na nossa própria Terra“.

Assim, se aquele grande dia finalmente chegasse, e realmente estabelecessemos o primeiro contato com uma raça alienígena, o que Sagam esperaria? Como é que ele acha que enfrentaríamos a situação? Bem, há muitas interrogações em qualquer cenário, mas Sagan disse que ele espera por um mínimo de união.

“Ainda, espero que se, e quando, o cenário do primeiro contato realmente acontecer, conseguiremos nos unir como humanos, e caminharmos bravamente para dentro daquilo que o futuro nos reserva,” disse ele.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos