quarta-feira, 19 de junho de 2013

Agroglifos


Um agroglifo é uma zona num campo de trigo ou de outros cereais semelhantes, onde certas espigas foram achatadas para formar diversas formas geométricas, algumas em 3 dimensões e outras em 2. Estas formas vão desde um círculo simples com alguns metros de diâmetro a uma composição de varias centenas de metros com numerosas secções de desenhos.

A explicação da formação destas figuras é muito controversa. A explicação mais simples, a defendida pelos cepticismo cientifico, é uma acção humana deliberada: os agroglifos são uma produção artística humana. Neste contexto, o método de realização utiliza um ou dois planos sobre papel e abaixam os caules com cordas, estacas ou tábuas. Muitos agroglifos foram produzidos seguindo estes procedimentos, provando a sua viabilidade. Mas existem outras correntes com explicações que asseguram que a origem seria devido a OVNIS ou a manifestações de energia.

Os primeiros agroglifos apareceram no Sul de Inglaterra (Hampshire, Wiltshire) pelos anos 70. Enquanto o tempo passava, mais agroglifos apareciam, e ficaram cada vez mais complexos: os primeiros eram simples discos, e depois os dos anos 90 estavam muito elaborados: mensagens, sinais, desenhos de objectos manufacturados, … Todas estas transformações surgiram claramente porque o papel dos artigos de jornais e as reportagens televisivas sobre o assunto se multiplicavam até ao final dos anos 80, o que foi importante para a criação deste fenómeno.



Certas pessoas consideram que os agroglifos, ou pelo menos alguns deles não podem ser fabricações humanas. E o seu argumento é que os adereços mais complexos não podiam, pelo seu ponto de vista, ter sido realizados de modo secreto e em apenas uma noite, por um grupo simples, mesmo organizados. Alias, certos restos causados pelas radiações seriam muito difíceis de reproduzir. E mais, argumentam que em alguns dos agroglifos mais famosos, as plantas sofreram modificações estranhas: Em algumas as sementes germinaram cinco vezes mais rapidamente que o normal e outras plantas ficaram estéreis.

Os defensores da teoria de que a origem dos agroglifos é extraterrestre é que encontraram modificações estruturais profundas nalgumas das plantas cortadas (não foram dobradas simplesmente) e que germinaram sementes extraídas delas. Também estabeleceram uma aproximação com as obras encontradas na América do Sul sobre as terras das civilizações pré-colombianas. Estas obras apenas são uma espécie de pista no chão, graças à disposição de pedras. Certos cientistas dizem que é uma pista de aterragem para extraterrestres. São apenas hipóteses mas alguns desses desenhos foram permanecendo ao longo do tempo e são visíveis actualmente.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos