domingo, 7 de julho de 2013

Rapto dos Hills


Na noite de 19 de Setembro de 1961, o casal Hill voltava a Portsmouth, no estado de New Hampshire, de volta de uma viagem ao Canadá. Betty Hill então tinha 41 anos enquanto o seu marido, Barney, 39. Enquanto os Hills conduziam durante a noite, repararam num objecto luminoso, semelhante a uma estrela fugaz ou um avião a atravessar o céu por Sudoeste.

O casal parou o carro para observar o objecto quando o objecto mudou de direcção para dirigir-se até eles. O objecto fez uma larga curva e parou á frente do carro a umas centenas de metros de altitude. Como vinham de uma viagem de prazer, trazia os binóculos à mão. Barney então saiu do carro para observar o fenómeno. Nesse momento o OVNI deslocou-se para a esquerda para lançar-se direito ao carro.

Barney foi para o veículo e arrancou de novo rapidamente, vendo que era provável que aquilo vindo do céu os atacasse. Enquanto circulavam a toda a velocidade, ouviram um serie de inexplicáveis ruídos e o carro começou a emitir fortes vibrações. A seguir o que os Hills se lembram é de chegar a casa sem mais nada ter acontecido. Mas o trajecto durou mais de 2 horas que o normal e tinham um vazio nas suas memorias de aproximadamente 2 horas também.

Nos dias seguintes, Betty Hill teve pesadelos com OVNIS e Barney não podia dormir, estava com insónias. O casal foram a um medico que os indicou a um psiquiatra de Boston, o doutor Benjamin Simón. O doutor Simón fez-lhes uma hipnose de regressão, sessão que se registou com um gravador. O relato que o doutor escutava era muito estranho, parecia que o casal Hill tinha sido raptados pelos ocupantes de um OVNI.



Depois de várias sessões de hipnose, os detalhas do rapto ficaram um pouco mais claros. A senhora Hill afirmava o seguinte: “Levaram-me para uma sala e alguns entraram comigo. Não sabia quem eram eles. Creio que faziam parte da tripulação. Logo outro homem chegou. Creio que era um médico. Puseram uma máquina em cima do meu corpo com uma grande lente. Fizeram-me um corte no braço. E depois da incisão puseram um pouco do meu sangue sobre um pedaço de plástico ou de vidro transparente que tinham preparado.”

Depois do exame Betty falou com quem parecia ser o chefe. Falava um inglês perfeito e se expressava oralmente. Betty perguntou-lhes de onde vinha a sua nave e ele apontou para um mapa no céu. Mais tarde Betty foi escoltada para a rampa da nave e de volta ao carro. Barney reuniu-se com ela no mesmo instante.

O exame psiquiátrico do casal durou mais de seis meses e as versões de Betty e Barney coincidiam perfeitamente excepto que eles estavam separados em salas diferentes pelos seus raptores.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos