quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

O Espetáculo do Chão Espanhol - parte 3



Bender, depois de entrevistar muitas das testemunhas locais, ficou convencido de que os rostos eram de origem genuinamente paranormal. Também se deu conta, no entanto, de uma outra característica: tudo indicava que cada testemunha o visionava à sua maneira. O mesmo rosto parecia o de um jovem a uma pessoa e o de um velho a outra.

Alguns deles davam a impressão de ter sido construídos como um puzzle ou entreligados com outros rostos maiores. (Esta capacidade de uma linha ser vista de maneiras diferentes também é frequentemente observada no trabalho de artistas mediúnicos.)

Têm-se feito várias tentativas para apagar os rostos com detergente e esfregando-os com outros produtos, porém, eles continuam a aparecer, ressurgindo e decompondo-se aparentemente de acordo com alguma lei própria.

Embora Argumosa e Bender. tenham visitado Belmez várias vezes no decorrer dos meses seguintes, as suas investigações não produziram resultados conclusivos. No entanto, a «casa assombrada» tornara-se local de peregrinação para quem se interessava pelo oculto, e vinham pessoas de Espanha, França, Inglaterra e Alemanha para ver os rostos, que interpretavam ora como demoníacos ora como sagrados. 

Também traziam gravadores com os quais desejavam gravar sessões com os «espíritos», que esperavam encontrar a deambular pela casa. Realmente, fizeram-se muitas gravações fora do comum, entre elas uma pelo próprio Argumosa, na qual se podem ouvir gritos fortes, o barulho de muitas vozes a falar ao mesmo tempo e o som de gente a chorar. 

A gravação foi passada na casa de Carole Ramis, investigadora psíquica, em Barcelona, e esta considerou-a impressionantemente misteriosa. De facto, foi de opinião de que algo de muito grave devia ter ocorrido séculos antes naquela casa de Balmez, provavelmente relacionado com o cemitério que ficava por baixo. 

O certo é que continuava a não aparecer qualquer explicação inteiramente satisfatória para a questão dos rostos. Até os químicos que examinaram o cimento não conseguiram justificar o aparecimento dos misteriosos rostos de Belmez.

Retirado de "Contra toda a Lógica"
Orbis Publishing Limited
Círculo de Leitores

Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos