domingo, 21 de fevereiro de 2016

Os Dogons


Os dogons são habitantes de um país africano. Em lendas existentes há muitos séculos, afirmam que seus ancestrais vieram de outros planetas. Os dogons, dizem ter vindo de um pequeno planeta próximo à estrela Sírius.

Essa história não passaria de lendas ou farsas sem importância se não se baseassem em informações extraídas de documentos arqueológicos e em informações só muito recentemente obtidas pela astronomia.

Um dos corpos celestes mais bonitos do Hemisfério Norte é a estrela Sírius, observada todos os anos com grande interesse pelos astrônomos, principalmente no inverno, quando brilha com mais intensidade.

Sírius é personagem de um dos enigmas mais discutidos entre as muitas fábulas que chegam ao universo das ciências: o mistério dos dogons, tribo que vive na África Ocidental.

Na década de 1940, os dogons revelaram muitos de seus conhecimentos tribais a dois antropólogos franceses que faziam estudos sobre aquele povo. Em meio a esses conhecimentos e lendas havia intrigantes referências a Sírius - não apenas à estrela visível, mas também a uma segunda estrela que existiria nas suas redondezas e ainda não havia sido descoberta pelo homem. Segundo as lendas seculares dos dogons, essa segunda estrela seria composta de um material extremamente denso ("todos os humanos juntos não conseguiriam carregá-la", diz a tradição dogon), embora fosse uma estrela muito pequena. Além disso, ainda de acordo com as lendas dogons, essa segunda estrela, próxima a Sírius, teria uma órbita de 50 anos em volta da sua estrela maior.

Além de fazer referências a esse pequeno mundo de onde teriam vindo seus antepassados, os dogons praticam uma dança milenar que representa em movimentos e fantasias a história da vinda de seus ancestrais para a Terra.

Esse intrigante mistério foi tema do livro O mistério de Sírius, lançado em 1976 por Robert Temple, pesquisador e escritor inglês. A tese te Temple nessa obra é que seres extraterrestres estiveram na Terra há cerca de 5 mil anos e revelaram muitos segredos da galáxia, entre eles as informações sobre a pequena estrela que gira ao redor de Sírius.

Os dogons reafirmam que esse conecimento existe há muitos séculos, tendo sido transmitido de geração em geração. Além das informações sobre a pequena estrela, os dogons contam detalhes sobre como seus antepassados vieram de lá.

As informações sobre a alta densidade da estrela só foram comprovadas recentemente, com o exame do seu espectro luminoso. Os modernos aparelhos de prospecção astronômica detectaram que a luz só se liberta daquela estrela após conseguir vencer seu violento campo gravitacional, gerado pela massa muita densa do pequeno corpo celeste. 

Fonte: O livro das Revelações. Eduardo Castor Borgonov

Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos