O OVNI de Stonehenge

De modo geral, pousos de OVNIs são imaginados como acontecimentos furtivos, realizados em áreas relativamente isoladas, longe de olhos curiosos. Nenhum OVNI, por exemplo, jamais apareceu no jardim da Casa Branca, nem pousou em plena praça Vermelha.
Não obstante, os OVNIs freqüentemente têm sido vistos em cidades populosas. Várias pessoas declararam que viram um disco voador pousar no edifício de apartamentos Stonehenge, em Jersey City, na noite de 12 de janeiro de 1975. O objeto esférico foi visto por pelo menos nove observadores, inclusive o porteiro, tanto dentro como fora do prédio.
De acordo com os relatórios publicados, depois que o OVNI desceu no parque, uma portinhola foi aberta, e pequenos ocupantes humanóides, vestidos como "garotos com roupas apropriadas para a neve", desceram por uma escada. Em seguida, eles começaram a escavar a grama com instrumentos semelhantes a pás. Retiradas as amostras do solo e colocadas dentro de objetos extraterrestres semelhantes a baldes, os diminutos humanóides voltaram à nave espacial. Ela então decolou com um brilho de luz muito intenso, e desapareceu no céu da noite.
- A esfera era escura, quase preta - segundo as declarações de uma testemunha - e fazia um ruído monótono, como um motor de geladeira.
Um ano depois, em janeiro e fevereiro de 1976, ao que parece, o OVNI voltou ao mesmo local das escavações anteriores. Ele foi visto em três ocasiões distintas por moradores do edifício de apartamentos Stonehenge e por pedestres que passavam por ali. Existe uma curiosa coincidência com o nome do edifício de apartamentos. Na Inglaterra, na planície de Salisbury, as estranhas e não identificadas ruínas de Stonehenge, conforme contam, teriam sido construídas para receber visitantes de outros planetas.

Charles Berlitz
O livro dos Fenómenos Estranhos

0