terça-feira, 23 de janeiro de 2018

A Moeda Teledeslocada

Raymond Bayless defrontou-se com paranormais muitas vezes durante sua carreira como investigador de casos mediúnicos. Todavia, seu encontro mais estranho envolve um fenômeno conhecido como teledeslocamento, em que a matéria viaja misteriosamente de um local para outro.
O episódio ocorreu em 1957, quando Bayless passeava pelo Hollywood Boulevard com o médium Attila von Szalay. Os dois homens entraram em uma loja de artigos de couro, e Bayless, entusiasta colecionador de moedas, viu uma curiosa moeda inglesa na mesa do dono da loja. Um lado mostrava a efígie da princesa real da Inglaterra, e o outro estava estragado por um profundo arranhão. Intrigado, Bayless disse ao dono que queria comprar a moeda, porém o dono recusou a oferta feita.
Quando os dois homens estavam saindo da loja, Bayless deu uma última olhada na moeda e seguiu em frente.
- Havíamos caminhado talvez uns 30 metros naquela quadra - contou ele -, quando de repente senti algo bater em meu cotovelo e depois na perna. Olhei para baixo e, com surpresa, vi na calçada, a meus pés, uma moeda idêntica àquela outra. Para ter certeza de que se tratava realmente da mesma, olhei o outro lado, e ali estava o arranhão que eu notara em sua superfície, na loja. - Von Szalay estava a meu lado e ficou surpreso quando peguei a moeda e mostrei-a para ele, explicando que, quando a vira pela última vez, ela estava na mesa do dono da loja. Sem entrar em maiores detalhes e longas e cansativas explicações, eu me contento em afirmar que de nenhuma maneira aquela moeda poderia ter chegado até meus pés normalmente, e seu estranho teledeslocamento representa um inacreditável mistério.
O mistério não pareceu tão grande para o dono da loja, que, sem dúvida, deve ter imaginado que o cliente roubara a moeda.

Charles Berlitz
O livro dos Fenómenos Estranhos

Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos